26 de fevereiro de 2016

Lekach ou bolo de mel dos judeus

























Olá Mary & Mom, 
existem notáveis semelhanças entre o bolo de mel dos judeus, conhecido como Lekach, e o bolo podre alentejano. Na verdade encontro-lhe duas diferenças importantes: a ausência do azeite na composição, que é uma marca forte do bolo podre, e a calda que o cobre, e que compensa a falta de gordura na massa. 
É um bolo forte e doce, tradicionalmente consumido na festa de Rosh Hashanah - o ano novo do calendário judaico.
A este, que foi feito com mel de eucalipto, sente-se-lhe um travo de frescura, um sabor ligeiro a eucaliptal.

Ingredientes:
  • 6 ovos
  • 200 g açúcar
  • 1 dL mel de eucalipto
  • 250 g farinha
  • 1 colher de chá fermento em pó
  • 1 colher de café de canela em pó
  • raspas de laranja
Cobertura

  • 2 colheres de mel de eucalipto
  • 55 g de açúcar em pó
  • 4 colheres de sopa de água morna.
Modo de Fazer:

1) Juntam-se os ovos e o açúcar e mexem-se bem até obter uma mistura espumosa.
2) De seguida junta-se o mel e a raspa de laranja.
3) Num recipiente à parte juntam-se a farinha, o fermento e a canela. Adicionam-se então ao creme de ovos e açúcar, pouco a pouco, se possível passando por uma peneira. Envolve-se com a colher de pau.

4) Verte-se a massa para uma forma untada com azeite ou com margarina e polvilhada de farinha.
5) Vai ao forno previamente aquecido a 180ºC, durante 40 minutos. 
6) Desenforma-se e cobre-se com a calda morna.

Cobertura: 

1) Leve a lume brando o mel, o açúcar e 4 colheres de água morna até dissolver e formar uma calda.
2) Deixa-se arrefecer ligeiramente e verte-se a cobertura por cima do bolo.

 Vai bem com uma chávena de chá príncipe ou de lúcia-lima.

Bom apetite,
Sophia.

Webgrafia:

1) https://www.facebook.com/somel.vm/photos/pb.536273139753727.-2207520000.1445091888./664530206928019/?type=3&theater

Sem comentários:

Enviar um comentário