1 de novembro de 2014

Feijão Branco com Dobrada

Hi Mary e Sophia,

Um dia, num restaurante, fora do espaço e do tempo,
Serviram-me o amor como dobrada fria.
Disse delicadamente ao missionário da cozinha
Que a preferia quente,
Que a dobrada (e era à moda do Porto) nunca se come fria.

DOBRADA À MODA DO PORTO, Poesias de Álvaro de Campos


Vamos por na mesa um prato que muito agrada a alguns e muito desagrada a outros tantos.
Porque haverá à mesa de domingo  mais alguns a quem muito agrada, resolvi comprar meio quilo de dobrada (des)congelada para fazer com feijão branco.

Sendo um prato tradicional nem toda a gente sabe como cozinhá-lo, por isso aqui fica.

Ingredientes:

  • 0.5kg de feijão branco seco e demolhado durante 12 horas
  • 1 linguiça de porco preto
  • 0,5kg de dobrada
  • 2 limões
  • 2 ou 3 batatas cortadas em cubos  (opcionalmente pode usar batata doce)
  • 2 cebolas grandes picadas grosseiramente
  • 1 tomate grande pelado e partido em cubos
  • meia couve branca finamente fatiada
  • 1 ramo de salsa
  • 1 ramo de coentros
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de café de cuminhos
  • 1 malagueta de piri-piri
  • 1 folha de louro
  • sal
 Preparação:

  1. Deixar a dobrada de molho em água com o sumo e as cascas dos limões durante 12 horas,
  2. Escorrer a dobrada e cozê-la em água com um pouco de sal e um ramo de salsa
  3. Cozer o feijão com água, sal , louro e a linguiça

 4. Num tacho amplo colocar ao lume o azeite com os cominhos e o piri-piri e quando começarem a libertar os aromas adicionar a cebola, o tomate,a couve e as batatas e deixar cozer num pouco da água da cozedura dos feijões,
5. Juntar agora a dobrada e a linguiça, eventualmente outras carnes, partidas em pedaços pequenos, 
6. Por último, juntar os feijões e uma parte do caldo da sua cozedura por forma que o prato nunca se apresente seco, mas caldoso,
7. Picar um pouco de coentros imediatamente antes de ir para a mesa.

Sirvam bem quente e reguem este almoço.

Bom apetite ,
Mom


Sem comentários:

Enviar um comentário