11 de maio de 2014

Curtume


Olá Mary & Mom,

nos Açores, por qualquer motivo as pessoas adoram conservas. Eu diria mesmo que são especialistas.
O motivo, diria eu, não é difícil de descortinar: se a terra é fértil e farta, a verdade é que as tempestades que muitas vezes levantam ventos e mar fazem com que tudo o que vem de barco por vezes não venha e da fartura se faz escassez.
 A arte de conservar é pois, não só um gosto, mas uma necessidade.
 Uma boa dona de casa sabe fazê-las. 
 Na casa dos meus sogros não falta esta arte. Há pimentas de conserva, calda de pimenta caseira, ovos de codorniz deliciosos, atum de conserva ...
 Hoje decidimos matar saudades do arquipélago e fizemos cebolas de curtume, que é como quem diz, cebolas curtidas pelo vinagre - pickles.


Ingredientes:

  • cebolas pequeninas (quanto mais pequeninas arranjarem, melhor)
  • vinagre de vinho tinto q.b.

Modo de Fazer:

1) Descascam-se as cebolinhas, lavam-se e secam-se com um pouco de papel absorvente.
2) Colocam-se as cebolinhas inteiras num frasco de vidro com tampa. O frasco deve ter sido muito bem lavado e seco. Para uma conserva mais duradoura pode ser uma boa ideia esterilizar o frasco, fervendo-o numa panela com água durante 10 minutos, embora não seja absolutamente necessário.
3) Enche-se frasco com vinagre de vinho tinto de modo a que as cebolas fiquem totalmente cobertas. 
4) Ao fim de mais ou menos 3 dias ou quando a cebola começar a ficar com uma cor avermelhada já pode começar a ser consumido.

 Em Santa Maria o curtume vai à mesa a acompanhar pratos de peixe cozido ou grelhado, mas podem comê-lo e usá-lo como qualquer outro tipo de pickles.
 Espero que gostem,
Sophia.

2 comentários:

  1. Deve ser delicioso! Eu gosto sempre de sabores avinagrados, portanto vou experimentar estes pickles!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma guloseima surpreendente. Vale a pena arranjar umas cebolinhas bem pequeninas e experimentar. :)
      Bjinhos,
      Sophia.

      Eliminar