4 de setembro de 2013

Ervas de Cheiro que perfumam a cozinha e a vida

Flores de Coentros
 Hi Mary, Hi Sophia ;)

Em  quase tudo, na vida e na culinária, é preciso conta, peso e medida.

Temperar é adicionar com sensatez, começando invariavelmente por pequenas quantidades.
Segue-se a prova e as retificações, uma, duas, três vezes, sempre em pequenas quantidades também, até chegar ao q.b. ditado pelo paladar de quem tempera.

Pese embora o sal e a pimenta da vida se associem aos momentos de exceção e ao de prazer de extravasar os limites da rotina, o tempero quer-se equilibrado. A virtude cristã da temperança é a medida do equilíbrio.
Ao sal, à pimenta, à canela, aplica-se quase invariavelmente o q.b. de quanto baste.

Exagerem às vezes para adquirirem o q.b. do tempero na culinária e na vida.

No q.b. do meu tempero estão sempre ervas de cheiro.

Bjocas,
Mom

Ramos de Coentros floridos (Coriandrum sativum)
Ramo de Salsa (Petroselinum crispum Mill.) , Ramo de Poejos (Mentha pulegium) e Ramo de Coentros (Coriandrum sativum)
Molhinhos de Temperos para Favas ou Ervilhas: Hortelã (Mentha spicata), Coentros Espigados (Coriandrum sativum) e folha verde de Alho (Allium sativum)
Plantação de Tomilho  (Thymus vulgaris)
Planta de Tomilho-Limão (Thymus citriodorus)
Planta de Salva florida (Salvia officinalis)
Planta de Basílico ou Manjericão (Ocimum basilicum)
Planta de Alecrim (Rosmarinus officinalis)
Planta de Manjerona (Origanum majorana)




Webgrafia:

2 comentários:

  1. Adorei as fotos e adorei o cheirinho que por aqui passou.
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/09/Galette-de-Maca.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Susana. Embora não tenhamos muitas vezes ocasião para participar nos teus passatempos agradecemos sempre a tua visita e o aviso. :)
      Bjinhos,
      Sophia

      Eliminar