30 de abril de 2013

Salada de Feijão-Frade e Jardim

Olá Mary,
embora não gostes de feijão esta é para ti.
 Quando eu era pequena também não gostava nada de feijão. Abria uma honrosa excepção ao feijão-frade de que sempre gostei, especialmente nesta receita, que era das minhas favoritas em pequena.
 A tua sobrinha partilha a minha opinião e come sempre esta saladinha com muita satisfação.
 Esta é uma salada que constitui por si só um prato principal, muito fácil de fazer, rápido e económico. É ideal para a Primavera e para o Verão porque se come fria e satisfaz sem ser indigesta.
 Tenho duas versões para esta salada, bem... 3 versões, na verdade.
 A versão Primavera faço com atum e ovos, a versão Verão faço com atum, tomate e pepino, o que a torna ainda mais fresca e aproveito assim para usar os produtos da época. A terceira versão, mais recente, é a versão vegetariana, que só me foi possível fazer graças ao substituto de atum do Talho Vegetariano.
O atum do talho vegetariano é muito agradável e em nada fica a dever ao atum verdadeiro, em textura, sabor ou consistência. É menos salgado que o atum verdadeiro e detecta-se um aroma ligeiríssimo a soja, que em nada estraga o petisco.
Para esta versão uso pois o substituto de atum e, em vez dos ovos, o tomate e o pepino.
 De qualquer das formas acho que deves encher-te de coragem e experimentar. É uma verdadeira receita para estudantes.

Ingredientes:

  • 400g de feijão-frade cozido (usei enlatado)
  • 2 latas de atum, escorrido (cerca de 150g ao todo) ou meia embalagem de substituto de atum do Talho Vegetariano
  • meia cebola
  • um molho pequeno de salsa
  • 2 ovos ou, para quem não come ovos, 1 tomate e meio pepino em cubinhos
  • azeite q.b.
  • sal grosso q.b. (eu não usei)







Modo de Fazer:

1) Se desejarem usar ovos na vossa salada comecem por pô-los a cozer em água a ferver durante 10 minutos.



2) Numa saladeira mistura-se o feijão-frade escorrido e o atum escorrido (no caso do substituto de atum não é necessário escorrer). Se não usarem ovos podem já acrescentar o tomate e o pepino cortados aos cubinhos.
3) Num recipiente à parte preparem o "jardim", picando uma cebola muito miudinha e a salsa, igualmente picadinha. Reserva-se.

4) Entretanto, se fizerem a vossa salada com ovos, quando os ovos estiverem cozidos devem descascá-los e cortá-los em cubinhos. Acrescentam-se então à restante salada.


5) Tempera-se a salada com um fio de azeite bom e sal, se necessário. Como as conservas já têm habitualmente alguma quantidade de sal eu não costumo acrescentá-lo nesta receita. Se usarem o substituto vegetal de atum, uma vez que este é mais "doce" que o atum verdadeiro poderão sentir necessidade de acrescentar um pouco de sal. Deixo ao critério de cada um.

Pode acrescentar-se o "jardim" à salada directamente na saladeira ou pode servir-se numa taça à parte, se nem todos gostarem do sabor forte que tem a cebola crua.
Bom apetite,
Sophia.

4 comentários:

  1. Adoro uma saladinha assim :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu. Não dá trabalho nenhum e em 10 minutos temos uma refeição saborosa e nutritiva. :)
      Bjs Sophia.

      Eliminar
  2. Gosto tanto deste tipo de saladas! Hum está mesmo apetitosa!
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também é das minhas favoritas. :)
      Perfeita para a Primavera.
      Bjinhos Sophia.

      Eliminar