28 de março de 2013

Preparar Cardos ou Tengarrinhas (alguns conselhos práticos)


Olá Mary & Mom,
no Algarve costuma dizer-se que "burro com fome cardos come".
Ora, o que muitas pessoas não sabem é que o cardo, que é o nome comum de diversas espécies de plantas,  carregadinhas de folhas pontiagudas e pouco apelativas, então, melhor dizendo, os cardos, têm muitíssimos usos.
 Algumas espécies são utilizadas na produção de medicamentos hepatoprotectores e galactagogos, outras no fabrico de queijos e esta de que vos venho falar hoje é utilizada na alimentação humana.
 Sim, para comer! 
E é um rico petisco, nem sempre fácil de encontrar. Mais uma vez, com sorte poderão encontrar as tengarrinhas em mercados tradicionais e nalguns restaurantes ou adegas que sirvam comida tradicional alentejana.
 O cardo ou tengarrinha que se usa na confecção de algumas receitas tradicionais do Alentejo pertence à espécie Scolymus hispanicus L. É deste que vos venho falar hoje.
 A altura ideal para a colheita é precisamente esta, entre o final do Inverno e o início da Primavera, que é quando se obtêm os exemplares mais tenros.
 Aviso-vos já que dá um certo trabalho e demora algum tempo, mas vale bem a pena!
Vamos a isto.

Como preparar as tengarrinhas:

1) Comecem por arranjar um par de luvas de latex ou vinil que vos permitam trabalhar à vontade.
 As luvas dão uma protecção limitada contra os picos mas impedem-vos de ficar com as mãos todas pretas, que é o que acontece a quem teima em arranjar os cardos sem luvas.

2) Separem todas as folhas da roseta basal, uma a uma e limpem-na das "folhinhas" laterais e de todas e quaisquer partes que piquem.

3) Lavem bem e coloquem a cozer em água fervente durante 10 a 20 minutos.

4) Rejeitem a água e ponham novamente a cozer em água limpa com sal durante mais 10 minutos.

5) Escorram as tengarrinhas e cortem-nas em pedaços de 3 a 5 cm. 

Estão prontas a utilizar.
Bom apetite e bons cozinhados.
Bjinhos Sophia.


Bibliografia:
1) http://cocina.comohacerpara.com/n5833/como-preparar-cardos.html
2) http://www.verycocinar.com/receta/los_cardos_con_almendras_de_tomas
3) http://pt.wikipedia.org/wiki/Cardo
4) http://floresdoareal.blogspot.pt/2011/07/scolymus-hispanicus-l.html
5) http://rmmg.medicina.ufmg.br/index.php/rmmg/article/viewFile/140/122
6) http://en.wikipedia.org/wiki/Silybum_marianum

4 comentários:

  1. Muito obrigada, mas de facto, para pessoas com problemas musculares graves e com alguma idade isso é demasiado dificil quer encontrar, quer arranjar. Talvez um dia apareçam nos supermercados já prontas a cozinhar, pois para uma rabdomiolise que tenho era divinal porque tenho imensa falta de potássio e os comprimidos já não estão a resultar. Paciência, o que não tem remédio, remediado está. Mas a sua ajuda foi fantástica para quem tem acesso a eles e os possa arranjar ou quem tenha quem lhos arranje. Tenha um Ano cheio de felicidade imaterial, e saúde, claro. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Faskinho!

      As tengarrinhas têm esta desvantagem de serem difíceis de encontrar e difíceis de arranjar ( até para quem está de boa saúde). No entanto, os cardos são muito apreciados pelos nossos vizinhos espanhóis que, inclusivamente, os vendem já prontos, arranjados e enlatados. Não sei se está muito longe da fronteira, mas se tiver oportunidade de ir a Espanha já sabe onde os pode encontrar. :)
      Um bom ano novo para si também e votos de boas melhoras.
      Sophia.

      Eliminar
    2. Não é assim tão difícil, um passeio pelo campo por vezes encontramos bastantes

      Eliminar
    3. É mesmo assim Manuel Francisco! Para quem gosta e pode dar um passeio ao campo, basta reconhecer o cardo e ter uma faquinha.
      Obrigada pela dica.
      Mom

      Eliminar