18 de fevereiro de 2013

Pesto de Agrião

Olá Mary & Mom,

alguma vez vos aconteceu comprarem umas massinhas frescas, tipo raviolli ou tortelini, de aspecto delicioso, prometedoras e irem comê-las e serem um grande fiasco?
Pois é, a mim tem-me acontecido com alguma frequência e já descobri uma boa forma de as salvar: umas belas colheradas de pesto em cima e nunca mais se conhece o recheio desenxabido.

 O Pesto tem ainda a virtude de ser uma boa forma de conservar ervas frescas e recuperar ervas aromáticas já meio feinhas.
 Já vos mostrei a receita do pesto clássico, à base de manjericão, mas garanto-vos que este molho tem potencial para dar nova vida a muitas outras verduras.

 Um dia destes, andava eu a "surfar" por essa net fora, quando de visita ao nosso blogue-amigo Conversa Temperada verifiquei que a nossa amiga Ana Bolena usa a rúcola para fazer um divino Pesto de rúcola e castanha do pará. Dêem lá um salto que vale a pena.

 Hoje trago uma versão de pesto à base de agrião. Se não têm preconceitos e gostam de sabores fortes experimentem, mas atenção, não é coisa para se comer em encontros românticos...

Precisam de:
  • 1 molho de agriões
  • 1 punhado de pinhões
  • 1 punhado de queijo parmesão
  • 1 dente de alho
  • umas 6 colheres de sopa de azeite (mais coisa, menos coisa)
  • sal q.b.
  • pimenta preta q.b.

Como se faz:
1) Colocar todos os ingredientes no robô de cozinha ou na máquina de fazer batidos e triturar até formar uma pasta homogénea. 
2) Para conservar no frigorífico e utilizar mais tarde acondicionar num frasco de vidro com tampa e cubrir com mais um pouco de azeite.
Está pronto a salvar as vossas massas! :)
Bom apetite,
bjinhos Sophia.



Sem comentários:

Enviar um comentário