27 de maio de 2012

Guacamole à minha moda :)


 Olá Mary & Mom!

Estou de volta com uma receita muito apreciada na minha casa: el guacamole! Fresco quanto baste para temperar de forma nutritiva e original uma salada e guloso o suficiente para molhar "tiritas" de milho.

Os puristas e os mexicanos que me perdoem, mas como não podia deixar de ser, a nossa receita leva um toque açoreano e duas colheres de sopa de Alentejo ;)

 Então aqui vai:

- 2 abacates bem maduros (se assim não fôr o guacamole vai ficar com um gosto adstringente e não vai ficar cremoso). Apalpem-nos bem e usem-nos apenas quando sentirem a polpa mole debaixo da casca.
- Meia cebola pequena ou 1/3 de cebola grande.
- Sumo de 1 limão.
- 1 colher de sobremesa de massa de pimenta do Açores. No continente não é muito fácil de a encontrar, por isso trago-a dos Açores quando posso e quando não posso trago-a da loja dos Açores em Lisboa. Se não a conseguirem encontrar podem substituí-la por 2 malaguetas, mas nesse caso devem adicionar também uma pitada de sal.
- 2 ou 3 colheres de sopa de azeite bom. Na nossa casa temos preferência pelo azeite biológico da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, Relíquia da Vidigueira ou Herdade dos Cotéis, mas deixo ao vosso discernimento escolherem um de boa qualidade.

 Metem todos os ingredientes no copo misturador e dão-lhe com a varinha mágica até ficar cremoso. Provem e rectifiquem os temperos a vosso gosto.

 Conserva-se bem no frigorífico, devidamente acondicionado durante uns 5 dias.

 Love u ponytails ;)
Sophia


Segredo: leram bem a recomendação sobre os abacates? É fundamental que os usem maduros, de outro modo não acabam a receita com guacamole comestível. Nem experimentem :p


2 comentários:

  1. É, não é? Achamos que lhe assenta bem a frase do Fernando Pessoa: "Primeiro estranha-se e depois entranha-se".

    ResponderEliminar