10 de março de 2019

Bolinhos de Amêndoa

Na estante da cozinha cá de casa existe um livro espetacular com formato de caderno, que comprei há uns anos em Serpa, com receitas de doces tradicionais de Maria Antónia Goes - "Formas tradicionais na Doçaria do Baixo Alentejo".

Vem desse livro a inspiração. 

Embora em vez dos célebres "esses" de amêndoa, em cuja receita nos inspirámos, fizemos estes bolinhos.


Ingredientes


  • 350g farinha de amêndoa 
  • 350g de açúcar branco
  • qb farinha de trigo para ajudar a tender os bolinhos
  • 3 claras + 1 gema para pincelar
  • 1 colher de sopa de canela
  • 1 limão, raspa da casca
Preparação
  1. Bater as claras em castelo firme, 
  2. Juntar todos os ingredientes secos com a raspa de limão e envolver nestes as claras, 
  3. Se necessário adicionar um pouco de farinha para ajudar a fazer os bolinhos, 
  4. Colocar os bolinhos num tabuleiro previamente forrado com papel vegetal, podendo ser decorados com uma amêndoa espetada em cima e pincelados com a gema de ovo,
  5. Levar a cozer durante 15 minutos ao forno previamente aquecido a 180 graus centígrados. 

Beijocas e bons doces. 



10 de fevereiro de 2019

Canja de Perdiz com todo o gosto




Inverno frio e cheio de sol, este, em que temos festa porque sim e porque não, e muita alegria sempre. 

O primo Ludgero fez-nos esta canja inesquecível um dia desses.

Obrigada ao Ludgero por esta lição, que não foi a primeira nem será seguramente a última.
Deus te conserve e guarde, rapaz!

Graças à sua sua partilha, e todos ficamos a saber como se confeciona embora nem todos tenham provado. 😋Assim se faz uma canja de perdiz de fio a pavio:



Ingredientes para 4 pessoas:
  • 1 perdiz
  • meia chávena de arroz carolino
  • 3 dentes de alho 
  • uma pitada de sal
  • meia dúzia de pés de salsa
  • uns raminhos de hortelã
  • 1,5L de água

Preparação:
  1. Depenar a perdiz,
  2. Eliminar alguma penugem, passando a perdiz pela chama do fogão,
  3. Remover as partes não consumíveis - patas, cabeça, aparelho digestivo,
  4. Limpar a moela, abrindo-a e removendo o revestimento espesso,
  5. Cozer na água, com o sal, a salsa e os alhos até ficar macia (pode demorar até 2 horas),
  6. Retirar da água, escorrer, limpar de todos os ossos e desfiar, 
  7. Verter o arroz na água da cozedura e levar ao lume a cozer (aprox. 8 minutos),
  8. Juntar a carne desfiada à canja e deixar ferver durante mais 2 minutos.
  9. Servir com os raminhos de hortelã. 
Com muita alegria e toda a amizade.
Mom




25 de novembro de 2018

Bolo de Bugango, Moganga ou Abóbora


Olá meninas,

Na estação das abóboras acabadinhas de apanhar parece boa ideia preparar umas quantas doses de puré para congelar e usar confortavelmente quando há menos tempo e menos abóboras. Há quem o faça graças a Deus e partilhe!

Um dia destes uma amiga deu-me a receita do seu bolo de abóbora e duas caixas de puré de oferta. Ė por isso graças à generosidade da Zézinha aqui fica esta fatia de bolo para provarem quando se quiserem dar ao trabalho ...


Ingredientes
( 250mL- 1 caneca)

  • 500mL de puré de abóbora bem escorrido
  • 750mL de farinha de trigo para bolos (com fermento)
  • 500mL de açúcar louro
  • 5 ovos grandes
  • 250mL de óleo (ou azeite)
  • 125mL sumo laranja (ou água)


Preparação

  1. Ligar o forno a 180ºC e forrar a forma de chaminé com papel vegetal ou untar muito bem com azeite e polvilhar com farinha. 
  2. Bater os ovos e envolver com o azeite, o sumo de laranja e o puré. 
  3. Juntar o açúcar e envolver a farinha peneirada.
  4. Verter na forma e levar a cozer durante 50 minutos (fazendo o teste do palito antes de desligar).
É mesmo imperdível este bolo ;)

Love.
Mom

Webgrafia
https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Moganga

21 de outubro de 2018

Empanada de Vitela Estufada com Azeitonas


Olá

As empanadas são populares na Argentina e em muitos países para onde os sul americanos as popularizaram. Também por cá já existem empanaderias. 

Podem ser pequenas e individuais ou maiores e partilháveis.

A massa feita em casa com muita facilidade com a ajuda de uma pequena batedeira ou mesmo manualmente é congelável.
Também podemos fazer uma aproximação comprando a massa areada fresca no supermercado.
Além disso, combinam com diversos recheios o que também é positivo.

A ideia de simplificar os jantares cá em casa tem-nos feito prestar atenção a este tipo de petiscos que se comem com uma sopa...

Ingredientes (12 unidades)

Massa
  • 0,5kg de farinha de trigo
  • 150g de manteiga à temperatura ambiente 
  • 1 ovo inteiro
  • 0,2L de leite (ou água)
  • 1 salpico de sal
  • Leite ou ovo para pincelar os pastéis 
Recheio

  • 0,5kg carne vitela partida aos cubos
  • 100g de chouriço de porco preto
  • 4 colheres de sopa de azeite 
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 0,2L de vinho branco
  • Sal, pimenta e corcuma qb
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 100g de azeitonas descaroçadas partidas
  • 100g de queijo parmesão ralado 


Preparação 

Massa
  1. Misturar a farinha com a manteiga e o ovo. 
  2. Fazer uma cova no meio e verter a água (onde previamente se dissolveu o sal).
  3. Amassar até homogeneizar, se necessário adicionar um pouco de farinha. A massa deve ficar lisa e completamente descolada da taça ou da bancada.
  4. Dividir a massa em 4 porções para estender mais facilmente com o rolo da massa até ficar fina.
  5. Cortar os típicos círculos  do tamanho de um pratinho de sobremesa (ou com outra forma).
Recheio
  1. Colocar as especiarias no azeite ao lume até aquecerem e só depois adicionar a cebola e o alho apara cozinharem ligeiramente. 
  2. Juntar os pedacinhos de chouriço e a carne, envolvendo bem e finalmente o vinho. Tapar e deixar cozinhar até a carne se desmanchar com 2 garfos (2h). 
  3. Empoar com a farinha a carne desmanchada em fios e reservar.

Pastéis 
  1. Rechear os círculos de massa com a carne e cobrir com pedacinhos de azeitonas e um pouco de queijo.
  2. Antes de dobrar a massa para cobrir o recheio, pincelar com ovo as bordas para ajudar a colar. Pressionar bem as bordas e ir torcendo com o polegar e o indicador para obter o efeito típico de cordão na extremidade. 
  3. Levar ao frigorífico durante meia hora para ficarem bem fechadas.
  4. Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e pincelar os pastéis com o ovo. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC  durante 25 minutos.

Bom Apetite!

Bjs
Mom