17 de junho de 2018

4 Mercados em Londres



Hi Mary e Sophia,


Foi uma escapada a Londres para ver mercados de rua. 


Visitei e fotografei, para este post, aquilo que mais me interessou de tudo onde os meus olhos pousaram em Portobello Market, Columbia Market, Brick Lane Market e Camden Market.


Com excepção de Columbia, que é temático - dedicado a flores, plantas envasadas e sementes, todos os outros têm comida, velharias, roupas (dos chineses e em segunda mão) e artistas a produzir e vender. 


Destes 4 só conhecia Portobello e talvez por isso sem querer tenha menos fotografias, não obstante seja excelente na sua combinação com as lojas de Portobello Road e limítrofes





Portobello Market


Banca de pães, de Batatas Fritas com molhos, Montras de Lojas, Velharias e uma livraria muito especial "Books for Cooks"


Columbia Market

Flores, Gente e "A Portuguese love affair" 


Brick Lane Market


Muita banca de comida, um espaço de refeições servido por cozinheiros das sete partidas e uma loja de chocolates linda "two brown sugars"


Camden Market

Amy Whinehouse, lojas, Street food, ingredientes, artistas, caramelo e uns ricos pastéis de nata.


See you.

Love,

Mom

22 de abril de 2018

Tarte de Pera Rocha ( sem lactose)


"Se me hace agua la boca por ti


Dicen que la pera es pera pero no espera
Cuando está madura.

Al poco tiempo su textura
Se empieza a enmohecer.

Y su frescura de ayer
Da mucha pena.

En la cena debe servirse jugosa
Y en la mañana picada
Con un poco de miel.

La pera no es como la manzana
Que demora en palidecer.

La pera es frágil
Por eso no espera el anochecer.

Hay que ser ágil
Para sacarla del árbol sin dejarla caer.

La manzana es la tentación por una mujer.

La pera es puro placer.

Me gustaría comerte ahora
Y no seguir esperando.

Cuándo vengas tienes que traer
Un cajón de peras
Para cada amanecer.

Todas maduras.

Es dura la tarea por hacer.

Si me aseguras esto
Yo te traigo un cesto.

De plátanos.

Otro fruto que maduro
Imposible es de perder.

¿Si quieres lo conversamos?

Como ayer."

Ingredientes
  • 4 pêras
  • 1 chávena de côco
  • 1 chávena de açúcar
  • 3 ovos
  • 0,5 chávena de farinha de trigo com fermento
  • 2 colheres de sopa de açúcar caramelizado

Preparação

  1. Ligar o forno a 180ºC.
  2. Revestir a tarteira com papel vegetal.
  3. Verter as duas colheres de caramelo no fundo da tarteira, previamente forrada com papel vegetal ou barrada com manteiga, e colocar no fundo as pêrar descascadas e cortadas ao meio.
  4. Numa taça misturar os ovos com o açúcar, o côco e a farinha até homogeneizar.
  5. Verter este creme sobre as pêras.
  6. Levar ao forno durante 25 a 30 minutos.
  7. Desenformar invertendo a tarteira sobre um prato.
Boas sobremesas,
Mom
Webgrafia
https://www.poemas-del-alma.com/blog/mostrar-poema-106577

21 de março de 2018

Arroz de Pato como antigamente

Mary e Sophia,

Trata-se de uma forma diferente de preparar o prato.

Numa conversa ocasional fiquei a saber que antigamente o pato não era desfiado para rechear o arroz, como fazemos habitualmente.

Era cozido para deixar alguma gordura na água que serviria para cozinhar o arroz e posteriormente ia ao forno para ganhar cor, pousado sobre aquele, onde largava mais do seu sabor.

Assim fizemos e a experiência revelou-se bastante positiva.

Ingredientes (para 3 doses)

  • 1kg de pato (metade)
  • 0,25L de arroz (usámos 1 caneca de arroz integral)
  • 1 nabo
  • 1 cenoura
  • 1/2 chouriço alentejano de porco preto
  • 1 raminho de tomilho
  • Sal, pimenta 
  • 1 malagueta de piri piri
Preparação 
  1. Cozer o pato durante 10 minutos, na panela de pressão juntamente com o nabo e a cenoura em 1L de água com uma pitada de sal.
  2. Retirar o pato e cozer o arroz juntamente com o chouriço e o tomilho naquele caldo (durante 20 minutos se se usar arroz integral ou apenas 8 se se tratar de arroz descascado).
  3. Verter o arroz cozinhado (sem caldo) numa assadeira e sobre este colocar o chouriço cortado às rodelas e o pato com a pele virada para cima.
  4. Levar ao forno a 180ºC até dourar a pele da ave (10 a 15 minutos).
  5. Acompanha com esparregado de espigos de nabo ou mesmo de espinafres. 
Bom apetite



Mom

13 de fevereiro de 2018

Bolachinhas de Chocolate

Hi Mary e Sophia

Às vezes tenho umas tentações  indescritíveis de comer chocolate ou bolo de chocolate ou bolachas de chocolate, qualquer doce com chocolate. 

Acontece que nem sempre há chocolates cá em casa para obviar a estas tentações. 

Hoje havia cacau em pó e ... receitas inspiradoras no livro "A arte das bolachas" da Shell Kaldunsky, do Círculo dos Leitores. 


Ingredientes:
  • 350g de farinha com fermento
  • 30g de cacau em pó 
  • 1/4 colher de chá de sal 
  • 180g de manteiga (à temperatura ambiente)
  • 200g de açúcar amarelo
  • 1 ovo grande
  • 1 colher de chá de essência de baunilha 

Preparação:
  1. Juntar o açúcar com a manteiga e bater com a batedeira eléctrica até à mistura ficar leve e macia,
  2. Adicionar o ovo e a baunilha até incorporar,
  3. Misturar a farinha com o sal e o cacau e adicionar lentamente ao creme já preparado até homogeneizar,
  4. Estender a massa em forma retangular, cobrir com película e deixar repousar no frigorífico durante pelo menos 1 hora,
  5. Aquecer o forno a 180ºC,
  6. Estender a massa até aos 6 milímetros de espessura e cortar as bolachas com uma forma ou um corta massa,
  7. Transferir as bolachas com a ajuda de uma espatula metálica ou faca de folha larga para os tabuleiros previamente forrados com papel vegetal,
  8. Cozer durante 12 a 15 minutos e deixar arrefecer durante 5 minutos no tabuleiro antes de as soltar (para arrefecerem mais 30 minutos sobre a redé metálica).
  9. Podem ser decoradas ou servidas assim simples.

Feliz dia dos Namorados 💕